quarta-feira, 2 de maio de 2012

Vontade vaidade e preguiça

Vontade de ser, mas não se esforça para ser.
Vaidosa, quer ser, mas tem preguiça de ser.
Vivendo no mundo  imaginário por ela construído, é fácil ser.
Difícil é pegar esta vontade e fazê-la ser.
Risca e rabisca todo dia um novo começo.
Lá vai mais uma vez e outra vez, ainda não foi dessa vez.
A preguiça é mais forte, sonhar é mais fácil.
Mas agora jura: Dessa vez sai do papel, planos, conquistas e superações! 
Nasce o novo dia, abre a  janela, o sol brilha, a vontade explode!
Agora já é meio dia, meia vontade e meia preguiça, ainda não findou o dia!
O sol está se pondo, que tragédia, mais um dia se foi!
Mas amanhã há de ser tudo novo, tudo diferente, amanhã sai do papel, jura...
Enquanto risca e rabisca novos planos, sonha acordada, cheia de vontade...
Cheia de vaidade, espreguiça uma preguiça, amanhã, ela jura...

Maristela G. Salgado




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.