sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Faz de conta

Faz de conta que ela era uma princesa azul pelo crepúsculo que viria, faz de conta que a infância era hoje e prateada de brinquedos, faz de conta que uma veia não se abrira e faz de conta que sangue escarlate não estava em silêncio branco escorrendo e que ela não estivesse pálida de morte, estava pálida de morte mas isso fazia de conta que estava mesmo de verdade, precisava no meio do faz-de-conta falar a verdade de pedra opaca para que contrastasse com o faz-de-conta verde cintilante de olhos que vêem, faz de conta que ela amava e era amada, faz de        conta que não precisava morrer de saudade, faz de conta que estava deitada na palma transparente da mão de Deus, faz de conta que vivia e que não estivesse morrendo pois viver afinal não passava de se aproximar cada vez mais da morte, faz de conta que ela não ficava de braços caídos quando os fios de ouro que fiava se embaraçavam e ela não sabia desfazer o fino fio frio, faz de conta que era sábia bastante para desfazer os nós de marinheiros que lhe atavam os pulsos, faz de conta que tinha um cesto de pérolas só para olhar a cor da lua, faz de conta que ela fechasse os olhos e os seres amados surgissem quando abrisse os olhos úmidos da gratidão mais límpida, faz de conta que tudo o que tinha não era de faz-de-conta, faz de conta que se descontraíra o peito e a luz dourada a guiava pela floresta de açudes e tranqüilidade, faz de conta que ela não era lunar, faz de conta que ela não estava chorando.

Clarice Lispector

8 comentários:

  1. Oi Maristela!
    É um prazer ler Clarice Lispector, grande escolha de postagem!
    Prazer estar aqui! Com tempo, venha ler e comentar NECRÓTICO no http://jefhcardoso.blogspot.com
    Abraço e bom final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jeferson, obrigada! venha sempre!
      acabei de ler Necrótico, muito bom!!
      Abração!

      Excluir
  2. Oi Maristela!
    Transportando o texto a realidade, em certos momentos é preciso fazer conta para viver melhor vida! Gostei do texto e do blog. Já te sigo também. Visite-me!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Oi Maristela!

    Que lindo teu blog nossa que capricho, amei amo Clarice!
    Obrigada por sua visita lá na Toca da Joaninha, adorei!
    Já estou seguindo teu lindo blog porque não quero perder de vista estas lindezas de jeito nenhum!!
    E a mensagem social muito válida everdadeira adorei...
    Bjs no ♥
    A Toca da Joaninha
    http://carla-russo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, obrigada!!!
      volte sempre!!!
      abração!!

      Excluir
  4. I love your writing which always transports me to somewhere beautiful and magical. Love the beautiful music too. Wonderland, here I come......:) xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thank you so much for your nice words on my blog, you just made my day and you are always welcome to share your thoughts with me. Take care!

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.